quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Lisboa

Largo do Rato



Alameda Afonso Henriques

Chaminés de tijolo em Campo de Ourique



Adicionar legenda
Av. Magalhães Lima


Largo de Stº António


Terraços do Carmo
Rossio

Duque de Ávila
Saldanha


Clube Militar Naval



Coliseu Pormenor do Pano de de Cena
Ponte vista da rua Maria Pia

Ponte vista das Estradas de Portugal

Rocha Conde de Óbidos



terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Lisboa - Clube Militar Naval

Encontro em Lisboa, num edifício do século passado, com uma fachada muito bonita em "Arte Nova", mas em que as laterais são construção "normal". Os interiores todos em arte nova, de muito bom gosto, bem conjugados, quer paredes, vitrais, mobiliário, etc..
Depois de uma boa visita guiada, pelo Capitão de Mar-e-guerra João Gonçalves, também ele um Urban Sketcher, fomos desenhar. Encontrei estes dois elementos que me chamaram a atenção, o primeiro o Púlpito destinado a oradores, o segundo um aparelho (Bitácula), existente em todas as embarcações, destinado a saber o rumo do navio.
Clube Militar Naval, desde 1866.

domingo, 3 de dezembro de 2017

Cascais - Veleiro na Marina

Em tarde fria, mas soalheira, saimos para desenhar. Chegado a Cascais ainda na Marginal, logo reparei nesta Escuna de três mastros. Estava no Forte da Cidadela, mas a minha vontade era ir "ver o barco", fiz-me ao caminho e em 15 minutos já estava o desenho feito. Não tinha nome, mas estava aberto a visitantes, não tive tempo para o visitar.

Escuna de três mastros .

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Lisboa - Bar Irreal

Num encontro de petiscos, integrado na  Fissinissage da Exposição "PlantLab Sketching, organizado pelos Foto&Sketchers 2 Linhas, no Bar Irreal, em Lisboa.

Uma relíquia que apareceu em cima da mesa !.

Paço de Arcos - Marginal

Em tarde muito fria e ventosa, desenhamos  de dentro do carro, a Praia Velha e a Marginal de Paço de Arcos. Acabámos já sem luz.

Paço de Arcos, a Avenida Marginal.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Paço de Arcos

Hoje fui á zona velha de Paço de Arcos, mesmo em frente ao Mercado e aos Correios, e zás já está.
Ficou giro mas..., tenho de lá voltar para fazer toda a altura dos edifícios.


sábado, 18 de novembro de 2017

Paço de Arcos

Manhã de sol, na esplanada da praia nova de Paço de Arcos, desenhei a vista da Direção de Faróis e ao fundo as duas margens do Tejo, com a ponte 25 Abril.


Benfica - Parque Bensaúde

Em Setembro fomos desenhar num local que não conhecia, e fica situado junto à estrada de Benfica. O Parque muito tranquilo, utilizado principalmente pelos moradores do bairro em que fica situado. Com amplos espaços e uma esplanada.



sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Museu da Água - Estação Elevatória a Vapor, dos Barbadinhos

Mais um encontro fantástico, na comemoração dos 10 anos dos Urban Sketchers, com uma organização pensada, e bem organizada. Sítio por mim desconhecido, e com assunto para dia inteiro.

Bombas de água, de grandes dimensões, no espaço exterior do Museu.

Maquinaria na Estação Elevatória a Vapor.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

"Desenhar por Desenhar"

Em resposta a um desafio dos Urban Sketchers de Portugal, fomos encontrar-nos na Praça de São Paulo em Lisboa, para desenhar. Assim todos os primeiros domingos de cada mês vamos desenhar por desenhar.

Os telhados de uma rua, na zona da Praça de São Paulo.
Na Praça de São Paulo.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Desenhar com Marilisa Mesquita

No Convento do Carmo, fomos conhecer o percurso da Marilisa Mesquita, e depois da sua apresentação, aceitámos o seu desafio para com os seus carimbos, carimbar desenhando.

A bela vista da 7ª Colina de Lisboa (Castelo de S. Jorge e toda a área envolvente).

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Lojas tradicionais de Lisboa

A pedido do Eduardo Salavisa, fui desenhar a "Livraria Aillaud & Lellos, Lda", na Rua do Carmo, que faz parte da lista de Lojas Tradicionais de Lisboa.

O interior da Livraria, com o vitral entre prateleiras.

domingo, 5 de novembro de 2017

Lojas Tradicionais de Lisboa

Esta é a bela da oficina da "Casa Achilles", uma das lojas tradicionais de Lisboa.
Fundada em 1905 por Achilles Santos Frias, tem uma colecção de moldes de ferragens de estilo. A sua oficina do início do século XX, dedica-se à fundição de metais em moldes de areia, destinados ao restauro de ferragens e peças de latão, para móveis, cinzelados à mão.

A Casa Achilles, na Rua de São Marçal.


domingo, 29 de outubro de 2017

Campo de Ourique - Praça São João Bosco

Encontro organizado pela Campo Vivo e a Rosário em Campo de Ourique, no Largo São João Bosco, local términos do eléctrico que faz a viagem entre o Martim Moniz / Campo de Ourique.
Fiquei surpreendido com o número de pessoas, na paragem, à espera do eléctrico.
Local calmo, com o Cemitério dos Prazeres por fundo.

Praça São João Bosco

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Mini férias em Aveiro

Bacalhoeiro Brites

Bacalhoeiro Argus





Mini-férias em Aveiro

Tudo combinado, fomos em direção a Aveiro, com o propósito de desenhar e descansar. Parámos na Figueira para almoçar. E lá chegámos a Aveiro, uma cidade que se desenvolveu muito desde a última vez que lá estivemos. Nessa tarde fomos dar uma volta pela zona centro, parámos num dos braços de ria, o Cais dos Botirões, junto ao Mercado, onde me saiu o primeiro desenho, embora tenha terminado já de noite.

No dia seguinte  fomos para a zona da Gafanha da Nazaré, onde estão os navios bacalhoeiros e não foi preciso muito tempo para escolher qual desenhar, ( Brites ), seguido de uma draga que estava acostada do outro lado da Ria. Depois de um almoço muito bom (A Traineira). fomos em direção à zona da Barra, onde descobrimos o Navio Museu Santo André, este desenhado já com muito fumo ao longe proveniente dos incêndios.




Essa noite fomos a uma esplanada petiscar, e começou a chuva de cinzas e o cheiro a queimado, foi uma noite horrível. No dia seguinte fomos em direção ao Farol de Aveiro na Barra, e depois almoçar na Costa Nova (Rest. D. Fernando), onde depois de uma caldeirada de enguias, saiu um desenho das casas típicas da zona.



O dia terminou de novo no cais dos Bacalhoeiros, para desenhar um "Lugre" de 4 mastros que fez história, na pesca do bacalhau, nos mares da Gronelândia. O seu nome "ARGUS", comprado em 1939 na Holanda fez todas as campanhas de pesca, até ser vendido em 1974, a uma empresa Canadense, que além de ter mudado o nome para "POLINÉSIA II", o utilizou para fazer cruzeiros. Neste momento foi comprado por uma empresa Portuguesa de bacalhau, que o vai recuperar. Este Lugre é irmão do "CREOULA" e do "SANTA MARIA MANUELA", estes ainda a navegar.
E a viagem acabou, espero lá voltar pois muitos assuntos ficaram por tratar...