domingo, 4 de setembro de 2016

Lisboa - Largo do Carmo

Roque Gameiro, um dos maiores aguarelistas portugueses, pintou Lisboa como ninguém e o Pedro Cabral propôs aos USkP desenharem  os pontos de vista escolhidos por ele. As suas aguarelas estão publicadas num livro com o título de " Lisboa Antiga". Muitos dos locais estão hoje completamente diferentes. Não é o caso deste local que se reconhece na sua pintura.
Fui com o Mário  desenhar para o Largo do Carmo para participar neste desafio. Procurámos o ponto de vista pretendido e abrimos as cadeiras, onde nos sentámos confortavelmente de caderno na mão. Mas desenhar aquele chafariz tornou-se um pesadelo... Primeiro porque era difícil e depois porque uma camionete do lixo, avariou mesmo por detrás de nós e ficou  a lançar um cheiro a borracha queimada  para a atmosfera. Resultado, fugi dali a mais rápido que pude.



2 comentários: